quinta-feira, 25 de junho de 2009

Não às Drogas


A relação entre juventude e drogas se entrelaça de tal modo em nossos dias que se


torna quase impossível não pensar sobre esta problemática, que está presente


cotidianamenteem distintos espaços, que vai desde o familiar, passando pelas ruas e


bairros, cidades ecampos, atingindo de forma marcante o ambiente escolar e clínico,


sem esquecer o espaço damídia, chegando até as dependências de delegacias,


presídios e casas correcionais.


A sociedade brasileira possui, assim, um enorme problema social, que de modo


indistinto atingea todos, ricos e pobres, habitantes da zona rural ou urbana, homens e


mulheres e em especial a Juventude.

4 comentários:

Deusa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Regina d'Ávila disse...

E se fosse liberado, pelo menos para teste, e assim desfazer este grande nó que é o tráfico, acabando com todos esses carteis..será que não seria melhor? Se não resolver..é só proibir novamente. Dizem que em alguns paises deu certo..e em outros foi um desastre, mas estes, pelo menos tentaram, não acha?
Difícil viu!!
Super beijosssssssss
Rê.

Anônimo disse...

Acredito que a liberação das drogas traria uma nova preocupação aos pais e a sociedade . Justamente por ser uma prática a margem da lei faz com que pessoas ainda tenham medo do que possa acontecer se forem pegas com drogas e por isso nunca experimentaram . Imaginem quantos novos usuarios nao existiriam se enconttrassemos drogas nas drogarias , padarias e bares !!
Bjs Amiga !!

Anônimo disse...

" O que se opõe a dependência não é a abstinência e sim a liberdade "
A droga leva o individuo a tornar-se escravo dela e a única opção para continuar vivendo é libertando-se totalmente ...