domingo, 30 de agosto de 2009

DEFEITOS X QUALIDADES


Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.

10 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Boa semana !!
Repartir suas alegrias
é como espalhar perfumes sobre os outros:
sempre algumas gotas
acabam caindo sobre você mesmo!
abraço

Sashindoubutsu disse...

A very moving and heart-warming photo. Thank you for sharing. Very beautiful.

Deusa disse...

Ola Sonia
Seja bem vinda !!
Bons ventos a tragam por aqui !
Feliz com vc aqui por perto .
Abraço apertado

Deusa disse...

HI.. Sashindoubutsu
Nice to see you here..
You are always wellcome ..
kisses sweetheart
I hope see you again.

entremares disse...

Deixaste-me a pensar...
Sim, eu sei... às vezes pequenas frases encerram enormes verdades. Mas para eu aceitar isto... eu precisava de já ter percebido quais os meus defeitos, quais as minhas virtudes... e ainda me conheço tão pouco. Sim, claro... eu sei que tem gente que adora dizer que se conhece a sério, que é exímia em dar conselhos... até invocar citações profundas de grandes mestres... mas ainda não cheguei lá, sinto-me ainda muito aprendiz.
Vamos só imaginar uma pequena história, está bem?
Vamos imaginar que você tem jeito para a escultura... que até gosta de pegar no barro e moldar seus próprios sonhos, vamos imaginar que conseguiu rodear-se de gente amiga e num pequeno atelier... criar pequenos objectos... os seus objectos, as suas criações.
Vamos imaginar que você começou uma nova escultura e que, bem logo no principio, reparou num erro terrível, num daqueles erros que só os amadores cometem. Mas vem a sua amiga e diz-lhe:
- Meus Deus... está linda. Que forma diferente de fazer as coisas... como se lembrou de uma coisa assim?
E então... você fica a pensar.
Vai desmanchar a sua pequena obra... só porque na sua opinião, ela já nasceu com um defeito, aos seus olhos? Ou vai continua-la... porque ela é diferente e fantástica, aos olhos dos outros?
Às vezes ficou confuso quando penso nisto, desculpa.
O nosso pequeno mundo liga demais às suas próprias vaidades, ficamos sempre muito preocupados em classificar tudo, em dar nomes a tudo... e muitas vezes rejeitamos o desconhecido... até lhe chamando ... defeito.

Você conhece os seus defeitos?
Quem lhe garante que algum dos seus defeitos... não possa ser uma virtude? Talvez algum de seus amigos até pense isso...

Estranha a casa que estamos construindo, não é?
Eu sei... lembrei-me agora que provavelmente, todas as casa que a gente constroi... são feitas com tijolos defeituosos.
E sabe porquê?
Porque não existem tijolos perfeitos, eu acho.

Desculpa o comentário tão longo.
Mas, mesmo assim, eu achei que você ia gostar.
Beijos.
Rolando

Regina d'Ávila disse...

Não...não posso corta-los..fazem parte do meu "eu"...Não aguentaria viver só com "virtudes"..seria demasiadamente chato..monótono...
Achei certíssimo o que o Rolando escreveu: Quais seriam estes defeitos?? Quem poderia afirmar?
Amiga..você está me fazendo pensar demais..viu..kkkkkkkk
Vou ter que reservar umas horinhas com a Jú..kkkk ...
Perigoso isso..kkkkk
Te adorooooooooooo..
Bjsssssssssssssssssss
(já comprei mais "prossequinho"ok? confirmado para amanhã?..bjsss)

Deusa disse...

Meu querido amigo Rolando

Adoro tudo que voce escreve e nem imagina , como eu aprendo com suas palavras é uma troca muito gratificante essa .
Sou uma alma muito pequena ainda e tenho muito que aprender , porisso a minha frase
“Estou me descobrindo ainda “...rssr
Não vim a este mundo com “selo de garantia “...rssr.. nem tenho a mínima pretensão de ser um ser perfeito , sou da espécie humana , sou capaz de errar , mesmo pensando no acerto...
Mas isso não me deixa menos alegre , acho que uma das razões de estar aqui , mesmo que de passagem, é ver as pessoas felizes e distribuir um pouco de ânimo. Não gosto de ver ninguém triste . Estarmos aqui já é uma Dádiva !
Quanto às esculturas , voce sabe que já aconteceu exatamente isso , várias vezes ?
Vou te contar um caso mais recente.
Havia la no ateliê uma escultura abandonada a mais de ano ,uma figura de mulher aos pedaços , na fase da argila , porque a argila não cuidada , tende mesmo a se partir . A autora da obra eu nem conheci , porque deliberadamente deixou la para que fosse jogada fora mesmo.
Toda semana eu olhava pra ela e via a cada dia, se partindo mais e mais , os pedaços caindo pelo chão a estrutura toda já aparente , isso me doía , porque eu conseguia ver beleza nela , aonde ninguém mais via ..Nada ...
Algumas semanas atrás o moço que toma conta do ateliê , chegou decidido a joga-la no lixo .e com certa brutalidade já estava arrastando pra fora , afinal ..Lixo é Lixo !!
Me deu uma angústia tão grande , dei um salto e pedi , por favor , não jogue fora ..ela merece Viver ...
Peguei argila nova e fui trabalhando em cima dos escombros , com tanta vontade , as fendas enormes se partindo como feridas , mas assim mesmo continuei insistindo na recuperação .
Eu conseguia ver beleza ali , não me pergunte como ....mas eu via !!
O rapaz que faz a fundição tirou a forma e estou curiosa agora , para saber como irá ficar depois de pronta .
Meu querido amigo foste muito feliz ao afirmar “ Não existem tijolos perfeitos “
Mesmo porque a caminhada é longa e estamos ainda no início.
Um abraço apertado com muito carinho.

EDUARDO POISL disse...

Muito bonito teu blogger.
Abraços

Eduardo P.L disse...

Minha querida Deusa,

fiquei feliz de ter visitado o meu NOVO Tumblr e fui conhecer o seu SEM SINTONIA SEM MAGIA, que contradiz o título.
Uma pergunta:
A) Tenho uma amiga que permite comentarios no blog dela. E é do Tumblrs. Sabe como podemos permiti-los? Vi que o seu, como o meu, não permitem.
Sucesso no seu novo bloguinho!
Se pudesse ter comentado iria perguntar quem é a mãe, e quem é a fuilha, na foto de seu blog!!! srsr
Parabéns a ambas!

RAY COSMÉTICOS disse...

Vim te visitar e estou te seguindo!

Queria te convidar pra conhecer meu blog e fazer parte dos Cheirosinhos!!!

Obrigada.

Bj.

Silmara.

www.saboneteshidratantes.blogspot.com