domingo, 30 de agosto de 2009

AS DUALIDADES




Gostaria muito....muito mesmo... de poder dizer a todos os que me lêem, que já consegui ao menos compreender e vencer o que costumo chamar de Desafio da Dualidade.

Mas, infelizmente, estou mergulhada na matéria, e descobri que uma das conseqüências de estar aqui no planeta é conviver com essa desconcertante tendência de dividir tudo o que é Uno em dois opostos.

É algo que dá para se entender intelectualmente, mas quase nunca aplicar no dia a dia, é que esses opostos em que costumamos ver dividida toda Unidade, nem sempre precisam ser conflitantes.

Acho que um truque para se conviver com a Dualidade é aceitar os opostos como Cores que os sentimentos assumem, quando em contato com essa ou aquela realidade....




8 comentários:

Eduardo P.L disse...

Muito complicado para um Domingo!!!!srsrs

Bjs e boa semana!

entremares disse...

Ah, dualidades...

Lembro-me que uma das primeiras coisas que reparei, quando cheguei ao seu blog, foi a ideia de que você deveria ser uma pessoa “ bem com a vida”.
Primeiro porque você falava de si própria, falando das coisas. A maioria das pessoas quando fala das coisas, esforça-se por não dar opinião, ainda por cima nos blogs, porque não quer “afastar” os seus leitores.
Foi quando eu pensei:
- Olha, olha... temos gente aqui.
Os temas não eram fáceis. As relações., o sexo, religião, deusas e druidas.
Todos temos um pouquinho de deuses, mesmo que isso parece blasfémia. Mas não é.
E existe algo nos seus posts que fica sempre incompleto. Sabe o que é?
São os comentários.
Quem lê... muitas vezes só escreve que gosta ( ou que não gosta ) , mas não se justifica. E eu tenho aqui um dedo que adivinha ( a gente diz assim em Portugal ) que o que você gostaria mesmo é que cada comentário fosse uma opinião, uma maneira de ser, uma maneira de ver o assunto do post.
Mas não...

Mas pronto... vou tentar pegar no seu exemplo das cores. Você acredita em almas gémeas ( não precisa responder ) ? Tente imaginar que sim, tente imaginar que cada alma tenha sua cor, sua tonalidade... e experimente misturar duas cores, duas almas. Veja como por vezes surgem cores lindas, harmoniosas, cores que transmitem paz, serenidade. Porque será?

É verdade que às vezes a mistura resulta em cores estranhas... mas tudo isso faz parte da vida, não é?
Quando certas pessoas sentem dificuldade em explicar as dualidades das suas vidas, às vezes desculpam-se com o eterno argumento:
- Ora, são coincidências...

Talvez sejam.
Mas será assim tão dificil imaginar que fora deste pequeno mundo material ( aquele que você falou ) a gente não possa sentir com outros sentidos, olhar com outros olhos, ver outras cores? Pode, eu sei que você também acha que pode.

Por isso falou em dualidades.
Uma expressão simples para dizer afinal:
- Eu não sou só pó.... tenho que ser mais que pó...

Beijos.
Rolando

Regina d'Ávila disse...

A Vida é bonita porque é assim...
Ainda bem...
Salve amiga lindaaaaaaaaaa
Bjssssssssssssssss

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

Sou geminiana . Rainha da dualidade.
Sou o avesso de mim mesma. Um paradoxo.
Ufa !
Não tento fazer sentido. É muito chato.
Boa semana !

Deusa disse...

Absinto
Nada mais dual que um geminiano né ?
hahahaah
Obrigada pela visita.
beijo carinhoso

Deusa disse...

Edu
complicado nada!!
complicadíssimo !...hahahahah
Beijooo
Volte sempre

Deusa disse...

Meu querido Rolando
Voce tem o dom da escrita... tem o dom das palavras ... tem uma percepção incrível consegue ler nas entrelinhas ,gosto muito disso !!
Falastes em cores.....ah as cores ...como nos fazem bem !!
Nossos abençoados sentidos , o que seria de nós sem eles ?
Meu querido amigo ..temos muitas " figurinhas" a trocar...rs
Ja consigo circular no seu " sapo" tranquilamente
Abraço Apertado , vc é demais !!

Deusa disse...

Minha querida Celamar

Geminiana né ?rssrsr
Danadinha de inteligente
Adoro os geminianos
beijo carinhoso