terça-feira, 3 de abril de 2012

O AMOR MADURO



Esse texto do Arthur da Távola eu já conhecia ha anos , mas nunca tive a oportunidade de postar  ( apesar da vontade ..rs ), sou extremamente fiel à mim mesma e ao que sinto, jamais iria mascarar sentimento algum.
A vida tem me ensinado a ampliar os horizontes do gostar , do querer e principalmente do Amar.


Hoje posso dizer que :
Não peço....tenho
Não reivindico ....consigo
Não percebo...recebo
Não exijo...dou 
Não pergunto....adivinho 



O amor maduro não é menor em intensidade.
 Ele é apenas silencioso.
 Não é menor em extensão. É mais definido, colorido e poetizado. Não carece de demonstrações: presenteia com a verdade do sentimento.
 Não precisa de presenças exigidas: amplia-se com as ausências significantes.

O amor maduro tem e quer problemas, sim, como tudo.
 Mas vive dos problemas da felicidade.
 Problemas da felicidade são formas trabalhosas de construir o bem e o prazer.
 Problemas da infelicidade não interessam ao amor maduro.

Na felicidade está o encontro de peles, o ficar com o gosto da boca e do cheiro, está a compreensão antecipada, a adivinhação, o presente de valor interior, a emoção vivida em conjunto, os discursos silenciosos da percepção, o prazer de conviver, o equilibrio de carne e de espírito.

O amor maduro é a valorização do melhor do outro e a relação com a parte salva de cada pessoa.
 Ele vive do que não morreu mesmo tendo ficado para depois.
 Vive do que fermentou criando dimensões novas para sentimentos antigos, jardins abandonados, cheios de sementes.

Ele não pede... tem. 
Não reivindica... consegue.
 Não percebe... recebe.
 Não exige... dá.
 Não pergunta... adivinha.
 Existe para fazer feliz.

O amor maduro cresce na verdade e se esconde a cada auto-ilusão. Basta-se com o todo do pouco.
 Não precisa e nem quer nada do muito.
 Está relacionado com a vida e sua incompletude, por isso é pleno em cada ninharia por ele transformada em paraíso.

É feito de compreensão, música e mistério.
 É a forma sublime de ser adulto e a forma adulta de ser sublime e criança. É o sol de outono: nítido mas doce..., luminoso, sem ofuscar..., suave mas definido..., discreto mas certo.

Um Sol que aquece até queimar.

7 comentários:

✿ chica disse...

Vim rapidinho desejar uma linda e FELIZ PÁSCOA!!! beijos,tudo de bom,chica

Deusa disse...

Olaaaaaaaaaaa querida
Bom diaaaa
Coelhinho Chegando trazendo muita Alegria em formato de chocolate pra voce !!
Abraço Apertado
beijooo

Gaspar de Jesus disse...

Oi DEUSA
Vim agradecer a sua visita e desejar PÁSCOA FELIZ.
Bjs
Gaspar de Jesus

expressodalinha disse...

O amor maduro é isso e muito mais. De facto temos uma "tranquilidade exigente". Acabaram as fantasias pueris e começa a estabilidade sentimental.

Sandra disse...

Oi amiga, passei para deixar um grande abraço
Desejar a Você um lindo final de semana. E dizer que és um SER muito Especial para mim.
Amigos são perfumes que ficam nas mãos depois de oferecer as rosas da Alegria, Felicidades, Sucessos e Paz.
Obrigada pela Flor da nossa Amizade Verdadeira. Durante a semana fica impossivel retribuir os carinhos então, venho nos finais de semana.
Deixo um forte abraço e um beijo em seu coração.
Bom Final de Semana, Muita Luz, Paz e Harmonia. Até mais.
Carinhosamente,
Sandra

Sandra disse...

Retribuindo a sua visita..
Agradeço o seu carinho por esta na Curiosa. Fiquei muito feliz com a sua chegada. Muito obrigada. Tenha um lindo domingo, cheio de luz e paz.
Carinhosamente,
Sandra

Amigos se conquista com os carinhos...Com alegria e a ternura.

Um grande abraço,

Sandra disse...

Como vc está amiga??
audades de ti!!!
Sandra